Archive for the ‘Anatomia’ Category

h1

Aulas de Anatomia

10/17/2009

Não sei se sou só eu, mas acho as aulas de anatomia o MÁXIMO, adoro!

Ver como você é por dentro, por fora, entender como nosso organismo funciona, como é tudo tão perfeitamente posicionado pra fazer tudo funcionar! Realmente o corpo humano é maravilhoso!

Vivo dizendo que eu vou me sentir realizada o dia que eu puder tocar em um cérebro! (vontade estranha né? mas tudo bem)

Minha intenção hoje, é falar sobre uma coisa que me chama muito a atenção e que está presente em todas as salas de aulas práticas de anatomia da faculdade onde eu estudo. A  “Oração ao Cadáver Desconhecido”, escrita em 1876 pelo patologista Karel Rabistansky.

Ao curvar-te com a lâmina rija de teu bisturi sobre o cadáver desconhecido, lembra-te de que este corpo nasceu do amor de duas almas; cresceu embalado pela fé e esperança daquela que, em seu seio, o agasalhou, sorriu e sonhou os mesmos sonhos das crianças e dos jovens; por certo amou e foi amado e sentiu saudades dos outros que partiram, acalentou um amanhã feliz e agora jaz na fria lousa, sem que, por ele, se tivesse derramado uma lágrima sequer, sem que tivesse uma só prece. Seu nome só Deus o sabe, mas o destino inexorável deu-lhe o poder e a grandeza  de servir  a humanidade que por ele passou indiferente”

Na minha opinião, é muito válida a presença dessa oração nas salas de aula, serve para nos lembrar, que aquele cadáver que está lá, quando vivo, pode ter vivenciado muitas das mesmas situações que nós mesmo vivenciamos, e merece ser respeitado.

O poder de servir a humanidade daqueles cadáveres é inegável. Há quem defenda que hoje em dia as aulas de anatomia não precisem mais ser em cadáveres mas do ponto de vista psicológico, é importante que os futuros profissionais aprendam a lidar com a morte.

Na minha primeira aula de anatomia, não fiquei impressionada ou com vontade de chorar, mas senti admiração. Se não fossem aqueles cadáveres como é que hoje, muitos dentistas, médicos, fisioterapeutas e muitos outros profissionais poderiam auxiliar as pessoas que precisam?

É bom que os acadêmicos pensem nisso e passem a respeitar e dar mais valor àqueles cadáveres, que são muito mais do que meras peças de estudo.

Bom final de semana pra todo mundo. Aproveitem com moderação 🙂

Anúncios